Localização

10 setembro, 2009

Andor da Senhora da Pena chega aos 23 metros

Fonte: Jornal "A Voz de Trás-os-Montes" 10-09-2009 | Edição Nº 3091

Para um novo Guinness World Records
Vinte e três metros de altura, perto de cinco mil quilos de peso e cerca de cem homens para o transportar. São estes os novos números impressionantes que fazem do andor de Nossa Senhora da Pena, Mouçós (Vila Real), o maior do Mundo e com honras de figurar no famoso livro do Guiness. No próximo fim-de-semana todos os caminhos vão dar ao local onde se realiza uma das mais tradicionais romarias do Norte de Portugal. Os visitantes terão a oportunidade de testemunhar o maior andor do Mundo, que será carregado pelos habitantes de Jorjais.

A festa deste ano, é organizada pela aldeia de Abobeleira, cuja comissão aumentou a altura do andor em mais 60 centímetros e quer novamente bater o record, alcançado na edição do ano passado. Assim, Portugal tem em Trás--os-Montes o maior andor religioso do Mundo. Seiscentos metros é a distância que o mega andor vai percorrer em 1 hora e 30 minutos, ou seja, a passo de caracol, mas que fará prender a atenção de todos os romeiros.
Eduardo Silva é um dos principais entusiastas da Comissão das Festas, sendo que falou, ao Nosso Jornal, sobre algumas das novidades da edição deste ano. “O mais significativo é que aumentamos em 60 cm a altura do andor de Nossa Senhora da Pena. Temos ainda o fogo piro-musical para a noite de sábado, sendo que estão também confirmadas as presenças dos artistas Roberto Leal e Toy”.
Dos números festivos, destaque ainda para o festival de fogo-de-artíficio lançado a partir da meia-noite e trinta, na noite de domingo, pelo pirotécnico Macedo da Lixa, um dos melhores do género.
Este ano, a festa tem um orçamento a rondar os 150 mil euros. A verba para cumprir os compromissos por parte da Organização “é oriunda da população da freguesia, dos barraqueiros, patrocínios e esmolas das caixas da capela”. Para pegar no andor “não tem faltado gente” e até de Viseu tem vindo pessoas. Há sempre muitos voluntários e no ano passado nem foram necessárias tantas pessoas que se ofereceram”, sublinhou Eduardo Silva.
A organização não descurou o cuidado com os fogos florestais e garantiu a presença durante 24 horas de vários piquetes de bombeiros e viaturas da Cruz Verde de Vila Real. Outra área que merece especial atenção da Comissão de Festas é a segurança. “Espero um reforço de militares da GNR no recinto para evitar a actuação dos carteiristas, como tem acontecido nos últimos anos”, frisou este responsável.
Com a festa marcada para o próximo fim-de-semana, a partir de amanhã, a empresa armadora do gigantesco andor, está desde Setembro do ano passado a trabalhar no andor e gastou mais de um quilómetro de fitas de cetim e cerca de 10 quilos de alfinetes para segurar o tecido.
A estrutura em pinho e eucalipto, comporta mais de mil pequenos espelhos que ao serem batidos pelo sol causa um efeito sempre muito apreciado pelos 80 mil romeiros esperados este ano. “Este andor é o que nos dá mais trabalho. Os últimos três meses, são dedicados apenas à colocação dos adornos”, assegurou Gilberto Fernandes, da empresa Senra de Lousada, encarregue da decoração dos andores.
A imponente procissão com o gigantesco andor sai da capela de Nossa Senhora da Pena, por volta das 17h30 de domingo, e nela incorporam- -se mais catorze andores.
De referir que, a organização da festa é assumida de forma rotativa por onze das vinte aldeias da freguesia de Mouçós, cabendo, este ano, a responsabilidade a Abobeleira. As outras são Sanguinhedo, Jorjais, Lage, Varge, Alvites, Sequeiros, Magarelos, Cigarrosa, Pena de Amigo e Lagares.

JMcardoso

Fonte: Jornal "A Voz de Trás-os-Montes" 10-09-2009 | Edição Nº 3091

Sem comentários: